sexta-feira, 8 de junho de 2012

Carta!

Boa tarde amigos!!! Quase boa noite.. rs
Como eu disse, ontem recebi um telefonema de um monitor da clínica onde o "João" se encontra...
Assim, hoje eu resolvi escrever uma carta pra ele, falei que não ia escrever neh! Mas acho melhor enviar, para assim talvez ajuda-lo a focar apenas nele, e não ficar pensando em mim...
Vou postar a carta pra vocês, para caso quiser dar conselhos sobre... Já que vou postar ela só na segunda



Oi, "João"...

Tudo bem? Espero que sim...
Estou escrevendo para lhe esclarecer umas coisas e espero que assim eu posso lhe ajudar a focar apenas em você e no seu tratamento, na sua recuperação!
Até terça eu estava com um turbilhão de sentimentos: raiva, decepção, magoa, pena e quase nada de compreensão... Eu até que estava bem, conseguindo focar nas minhas coisas, não fiquei chorando como das outras vezes... Mas quando eu pensava em você, eu sentia raiva e ficava muito mal, eu só pensava em coisas ruins... Assim resolvi ir buscar ajuda, fui rezar.
Por coincidência, ou não, terça o tema da palestra e do Evangelho era sobre Perdão. Na medida que eu ia ouvindo, eu percebia o quanto eu precisava lhe perdoar.
Depois eu fui e recebi aconselhamento espiritual, ouvi tanta coisa boa. Coisas que eu estava precisando ouvir, que me fizeram parar e pensar e perceber que eu estava precisando mudar certas coisas.
Percebi que esses sentimentos ruins que eu vinha sentindo, só estavam fazendo mal a mim. E que esses pensamentos, bater na mesma tecla, ficar pergunta o porque, não ia fazer diferença alguma, pois eu não posso voltar atrás e fazer com que seja diferente. O que aconteceu, aconteceu...
Tenho que virar a página, viver o agora, e se for pra eu lembrar das coisas ruins, do que me fez sofrer tanto, que seja pensando que tudo isso foi pra fazer parte do meu crescimento, que por algum motivo, por mais que eu não saiba qual, eu tive que passar por tudo isso e tenho que crer, que Deus não me deu um fardo que eu não sou capaz de suportar. Tenho que acreditar que sou forte o suficiente e que isso tudo que passei e estou passando é apenas uma fase.
Ir rezar, me fez um bem enorme. Depois de terça posso te dizer que tenho trabalhado muito pra conseguir te perdoar do fundo do meu coração, por mais que vire e mexe eu acabo descobrindo algo sobre você que me deixa triste, como aconteceu hoje... Mas não tenho deixado, isso interferir no perdão que eu tenho que lhe dar... Tenho conversado muito com Deus e com meu anjo da guarda e graças a Eles eu tenho conseguido me manter em serenidade.
Como você já sabe eu contei tudo para minha família, isso me ajudou muito. Não gosto de ficar mentido pros meus pais e ficar inventado historias para o seu sumiço sempre me fez mal. E contar a eles, me fez lembrar o quanto eles me amam e estão do meu lado sempre.
Minha mãe ficou arrasada, queria vir passar uns dias aqui comigo, chorou muito...
A minha irmã esteve aqui em casa contei tudo pra ela, ela ficou muito triste também, disse que era pra eu pegar o endereço daí porque ela quer te escrever. No outro dia ela me ligou, falou que o marido dela ficou muito chateado, que quando puder ele quer te ligar pra vocês conversarem e ele te dar uma força. Eles disseram que querem te ajudar de alguma forma...
Minha mãe disse que a minha irmã mais nova ficou muito triste também, que ela chegou pra ela um dia e falou, que toda hora você ia nos pensamentos dela.
Meu pai ficou muito surpreso, me disse: Nossa nunca esperava isso, ele é tão "ajeitado", tão bonzinho, calmo... como que pode?
Eu percebi que minha família gosta muito de você, todos estão torcendo muito para a sua recuperação.
Logico que eu não contei certos detalhes, como o fato de você ter pegado dinheiro na minha carteira.
Mas de qualquer forma, mesmo gostando muito de você, meus pais me disseram que eu fiz a coisa certa em terminar, pois eu estou formando, estou procurando crescer e eles não querem me ver sofrendo.
Agora sobre nós dois. Foi como eu já lhe disse, da forma como vinha acontecendo eu não quero, não mesmo... O cara que você vinha sendo não é que eu desejei pra mim, te dei várias chances, conversei, disse que você estava estragando tudo, que você tinha que mudar e de nada adiantou...
Hoje nós somos apenas amigos, eu não vou voltar com você...
Agora se você realmente me ama, se você realmente acha que sou a mulher da sua vida. LUTE! Corra atrás da sua recuperação, queira PARAR VERDADEIRAMENTE! O cara que eu me apaixonei, não é esse com quem convivi nas ultimas vezes que nos me encontramos... Eu gosto é do "outro" "João", do cara bom, honesto, carinhoso, que pensa nos outros além de si mesmo... Já te disse várias vezes eu gosto é desse "João"... Eu sei que ele existe aí dentro, mas cabe a você escolher qual "João" você vai querer ser.
Aproveita mais essa chance que Deus lhe deu, aproveita a oportunidade que você tem pra fazer diferente dessa vez, aproveita que tem o Zé aí, um cara firmeza, do bem, que com toda certeza tem muita coisa boa pra lhe acrescentar.
Uma coisa que quero te deixar claro desde já é que: Quando você começar a sair daí, se algum dia você for pra nossa cidade e eu estiver lá, se você quiser me ver, se quiser sentar conversar, dar uma volta, comer uma pizza... Tudo bem, eu não vejo problema nenhum em fazer nada disso com você... Mas quero que esteja ciente, que eu não vou ficar com você, porque se você começar a forçar a barra e dar chiliques eu vou me afastar de você e não vou querer ficar me encontrando com você...

Estamos entendidos???

Estou torcendo muito por você!
Você está sempre nas minhas orações!
Se cuida, por favor!

"Só guardo o que foi bom, no meu coração!"

Beijos!

Fique com Deus...

"Maria"

Ps: Perguntei pro Bob se ele queria mandar beijo, ele não respondeu... Então acho que não... kkkkk




Bob é minha calopsita! que ele me deu de aniversario...

10 comentários:

  1. Maria, linda carta, me emocionei e espero que suas palavras toquem o coração dele.
    Estou na torcida.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Guillie,
      Tomara que toque mesmo o coração dele, pois ele irá ver o quanto é amado por todos... E o quanto tem varias pessoas querendo ajuda-lo..

      Beijos... tamo juntas!

      Excluir
  2. realmente muito linda..eu so te aconselharia a não falar em perdão a ele que por incrivel que pareça, acho q esse é o ponto que vai fixar na cabeça dele...e isso o deixará mais seguro de que como posso dizer...ele não te perdeu..um dia em uma carta ao meu marido eu escrevi a palavra saudade e me aconselharam a não usa-la...hoje entendo o pq..infelizmente eles sempre focam nos nossos pontos "fracos" e ai depois usam a culpa que a gente sentem e tentam nos manipular...de resto está ótima...bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kel, pois então eu tentei escrever de uma forma que ele não criei espectativa sobre nós dois..
      Tentei deixar claro que vou perdoa-lo pois caso contrario isso só faz mal a mim... E deixei claro que "hoje", eu não volto...
      não é possivel que ele vai misturar tudo.. hahhah
      beijos tamo junto!

      Excluir
  3. Chorei aqui amiga!

    Doces e sábias palavras!

    Tamu juntas!

    Deus abençoe.
    Bjooos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida...
      tamu juntas sempre!

      beijos.. mari

      Excluir
  4. Concordo com A Kel, não se deve falar em coisas que é nítido que ele ainda não está apto para compreender. É necessário trabalhar uma coisa de cada vez, e nesse momento é a necessidade de amor próprio para ambos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo, mais tentei escrever explicando que não vou ficar remoendo por fazer mal a mim.. entende?
      O perdão é mais pra um perdão de irmão, do que de namorada..

      Beijos!

      Excluir
  5. Sou um dependente quimico em recuperação e falo que a carta esta linda, mostra os seus sentimentos demais, o que pode ser bom ou ser ruim.

    Primeiro é preciso analisar se ele se internou porque ele queria ou para fugir dos problemas. Por isso não fale em perdão ou na possibilidade de perdão, apenas fale que você torce por ele. Lembre-se, um adicto (dependente quimico) que não queira parar de usar não vai parar de usar, pode se analisado, aconselhado, persuadido, pode-se rezar por ele, pode ser ameaçado, surrado ou trancado, mas não irá parar até que queira parar, e não vai ser a sua carta que vai mudar isso, ela pode ajudar, mas não será isso que vai mudar.

    Abraços,

    Wal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wal, sempre gosto quando recebo opnião de algum D.Q, pois você é capaz de compreender melhor a reação dele..
      Então ele está em uma fase de querer se recuperar, já aceitou que tem uma doença... Mais ainda falta ele saber lhe dar com alguns sentimentos que o leva ao uso, como a raiva... E trabalhar a honestidade também...

      Beijos.. tamo junto!

      Excluir